Ebook marketing

AddThis Social Bookmark Button
Quem antes do tempo começa, cedo termina"
-- William Shakespeare

Livros eletrônicos ou ebooks (abreviação de electronic books) são um dos mais poderosos métodos de promoção, geração de clientes potenciais e vendas para qualquer coisa que você ofereça na internet.

Muitos dos que tem usado corretamente, conseguiram atrair milhares de reais, assinantes, clientes, prospectos – você escolhe. Estes empreendedores têm feito isso graças ao alcance e esmagadora vantagem que seus ebooks tem lhe dado.

Como você vai descobrir, marketing usando ebooks gratuitos age como um vírus que espalham a notícia sobre você, seu negócio e suas ofertas por toda a internet sem custar uma fortuna para implementar.

É lançar e esquecer

* Nenhuma obrigação posterior - economizando montanhas de tempo e esforço que de outra forma seriam gastos em táticas de marketing de vida curta, tais como anúncios gratuitos, artigos em grupos de notícias (apesar de que estes métodos podem e devem ser usados para promover seu ebook gratuito e outras ofertas).
* Nenhum custo de divulgação e promoção posterior – economizando milhares de reais que de outra forma seriam gastos em campanhas de alto custo e truques promocionais, geralmente necessários para trazer novos clientes e prospectos.

Agora, graças ao uso de ebooks gratuitos como método de pré-venda, estes mesmos potenciais clientes chegam ao seu site, prontos para fazer negócios com você. Basta lançar seu ebook e deixar o conteúdo dele falar por você – é isso que cria a força de atração e a razão porque pode ser passado pela internet em velocidade estonteante.

* Nada mais de meses de frustração e stress sobre como cumprir todas suas tarefas de marketing diário. Seus ebooks gratuitos farão o marketing de seu negócio por você, que ao se libertar do stress poderá se concentrar em desenvolver novas e mais poderosas estratégias de marketing para aumentar seus lucros.

Para dizer o mínimo, Marketing por Ebooks Promocionais Gratuitos é uma fantástica ferramenta on-line, em torno de uma estratégia que antes da internet, era simplesmente impensável, sem se investir milhares de reais em divulgação e promoção.

A estratégia é direta

Você tem uma oferta que precisa, atingir o alvo, público selecionado e interessado nesta oferta. Para fazer isso, você precisa de um sistema para chamar a atenção destas pessoas, reter esta atenção, e educar as pessoas sobre sua oferta.

Faça bem feito e estas pessoas estarão bem informadas sobre como e porquê sua oferta vai beneficiá-las, e é neste momento que você vai pedir que ajam de determinada forma (preencham o formulário de pedido, liguem para uma linha 0800, peçam mais informações, assinem seu ezine, etc).

Um exemplo desta estratégia

Fora da internet, homens e mulheres de marketing usam esta estratégia, iniciando pela colocação de anúncios em publicações específicas, jornais, tv, rádio, etc. onde simplesmente dizem:

“Receba o pacote de informações (muitas vezes um vídeo) sobre [SUA OFERTA AQUI], preenchendo este cupom (ou ligando para este número), agora!”

Você vê isso o tempo todo, é só olhar a volta. Mas por que esta gente de marketing faz essas coisas?

Por duas razões.

Primeiro porque para vender qualquer produto – com o entendimento que para vender, seus clientes potenciais precisam ser educados sobre sua oferta (“educados”, significando que eles sabem exatamente como e porque serão beneficiados ao aceitar sua oferta) – você precisa de mais espaço do que um anúncio pode oferecer.

Um simples anúncio classificado não vai cumprir o papel. Pode custar milhares de reais para comprar espaço suficiente para educar completamente seus prospectos em como e porque sua oferta irá beneficiá-los.

Nota. Claro que depende do que você está vendendo. Mas como “regra geral de marketing” é sabido que quanto maior o preço na etiqueta, mais educação (pré-venda) você tem que fazer. Quanto maior o preço, mais informações seus clientes vão exigir antes de se separar de seu dinheiro para obter o produto.

Então, como pessoas de marketing (em geral) chegamos à conclusão que, ao invés de comprar todo este espaço é melhor alcançar clientes potenciais com pequenos anúncios em mídia especializada, oferecendo aos interessados na sua oferta particular a oportunidade de receber um ‘pacote de informações’ onde podemos enviar o anúncio completo ‘disfarçado’ em uma brochura, vídeo, catálogo, etc. gratuitos.

Nota. ‘Disfarçado’ não é uma boa palavra porque você não está escondendo nada nem enganando ninguém, mas é a palavra que melhor descreve o que seu ‘pacote grátis de informações’ é na verdade. Ele disfarça o fato de seu anúncio estar vendendo algo.

Não é uma má idéia. E funciona! Isso porque todos adoramos saber tudo sobre uma oferta antes de tomar a decisão de compra. Basta ver o que fazem as pessoas quando vão comprar um carro – fazem o test drive, levam ao seu mecânico, mostram pros amigos, etc. - antes de fazer a compra.

Ninguém quer cair no erro de gastar seu dinheiro (ou tempo) na oferta errada. O que nos leva a segunda razão.

Para gerar uma resposta a sua oferta, muitas se não todas as ofertas deveriam ter um “vendedor” pronto para pegar o cliente pela mão e explicar como e porque ele irá se beneficiar do produto ou serviço em questão.

Quando o prospecto está pronto – quando ele foi educado – quando ele sabe todos os comos e porquês, só então, seu “vendedor” pode pedir para ele tomar uma ação específica.

Enquanto isso, na internet

Na internet, um website de resposta direta é, de longe, a melhor maneira de vender suas ofertas. Um website de resposta direta é seu “vendedor” no espaço virtual. Para fazê-lo, você deveria pegar o seu melhor vendedor e replicar suas ações de venda no site.

Quer dizer, se eu fosse até sua loja de departamentos procurando por um par de sapatos e seu melhor vendedor(a), me convencesse a comprar “aquela oferta específica”, o que você deveria fazer é pegar toda e qualquer ação de venda executada por ele ou ela, e colocar em seu website na forma de uma carta de vendas.

Seu site de resposta direta é feito assim para responder a ‘qualquer objeção concebível’ que seus clientes tenham sobre sua oferta e também explicar como e porque eles se beneficiarão quando agirem de acordo com o que você quer que eles façam.

O problema com este tipo de website é que muitas pessoas que o visitam, chegam sem ter idéia do que esperar, e não vão tomar a ação que você quer que eles tomem, porque seu site é e se parece com um anúncio que está tentando fazer as pessoas agirem de determinada forma (como se separarem de seu dinheiro). E quando seu cliente sabe que se trata de um anúncio, ele automaticamente “arma suas defesas” para resistir a sua tentativa de lhe vender.

Nota. Este não é sempre o caso. Depende muito de quem escreve o anúncio, mas a maioria das empresas na web é vitima de uma “baixa taxa de resposta” porque seus clientes estão com “as defesas armadas”.

Para combater o problema, você tem que pré-vender a seus prospectos antes mesmo deles verem seu anúncio (website, loja, etc).

Por pré-vender, quero dizer, educar seus clientes sobre sua oferta, contando a eles exatamente como e porque se beneficiarão de sua oferta, antes de chegarem a oferta propriamente dita (seu anúncio, seu site, etc.).

Tendo passado pelo “processo de pré-venda” – onde foram educados antes de visitar seu site – os cliente tem suas “defesas naturais” removidas e ficam mais abertos para sua “mensagem de venda”.

© 2000 Chayden A. Bates - All Rights Reserved
Traduzido por Renato Fridschtein

Faça um ebook agora mesmo.

Para fazer um ebook, comece contruindo um site à parte - este será o conteúdo de seu ebook - e use um compilador de ebooks para transforma-lo em um programa que pode ser executado e lido sem que o cliente precise estar conectado à internet.

Você pode baixar uma versão grátis (trial) de um compilador de ebooks e começar agora mesmo.

Ou entre em contato conosco.

Copyright © 2004, Renato Fridschtein. Todos os direitos reservados.