Documentos portáteis

AddThis Social Bookmark Button
“Errar é humano, mas para ferrar de vez,
basta usar um computador.”
-- Lei de Murphy aplicada a informática

Recentemente, publiquei um novo ebook, que resolvi distribuir gratuitamente e descobri uma coisa interessante. Alias, descobri um monte de coisas interessantes uma vez que se tratava de uma estratégia de marketing viral para criar uma lista de permissão rapidamente usando o principio da alavanca, mas isso é outra história.

A descoberta sobre a qual quero falar neste artigo é do desconhecimento que as pessoas ainda tem sobre um recurso bastante comum, e que apesar disso, se traduziu na impossibilidade de ler o ebook.

Chamou minha atenção porque é um recurso gratuito e um padrão estabelecido há vários anos. Mas hoje esse mistério vai acabar. Estou falando do formato PDF.

PDF quer dizer Portable Document Format ou Formato de Documento Portátil, em português. É um padrão foi criado pela Adobe e tem diversas vantagens:

Qualquer um, em qualquer lugar pode abrir arquivos PDF. Esta disponível em praticamente qualquer plataforma. Tudo o que você precisa é do programa Adobe Reader. Pegue o seu aqui grátis em http://www.adobe.com.br/products/acrobat/readstep2.html . Também pode ser encontrado em praticamente qualquer CDROM das bancas ou que vem com placas e periféricos:

* Arquivos PDF são compactos.

* Você pode fazer buscas dentro dos documentos PDF.

* Hiperlinks interativos tornam documentos PDF fáceis de navegar.

* Suporte estendido a outros idiomas permite ver, pesquisar e imprimir documentos PDF que contém texto em caracteres cirílicos, asiáticos da Europa Central e do Leste.

* Documentos PDF podem ter direitos especiais de acesso, aplicados de forma a permitir o preenchimento de formulários, assinatura de documentos, participação em revisões on-line e anexação de documentos não PDF a documentos PDF.

Você já conhece este padrão e ficou desapontado porque não é nenhuma novidade. Talvez eu possa diminuir a frustração com uma dica.

Dê asas à imaginação

Também é muito fácil criar documentos no formato pdf. Tão fácil quanto imprimir um documento. Basta elaborar o documento nos programas que está acostumado e mandar para a impressora pdf virtual.

Na Internet, você encontra diversos programas que instalam impressoras virtuais de PDF.

Já apresentei um exemplo destes programas no artigo, ‘Atirou no que viu e acertou o que não viu.’ mas não faz mal repetir. Visite o site www.pdf995.com para baixar uma impressora pdf virtual.

Depois de instalar o programa, quando quiser criar um pdf, abra o documento e mande imprimir, mas em vez de mandar para o papel, mande para a nova impressora. Em vez de produzir uma cópia em papel, o programa pede um nome para o arquivo e cria o documento pdf. Mais simples só se o programa criasse o documento original.

E uma vez que você esteja equipado com estes recursos tem tudo que precisa para criar ebooks como o do site www.medamais.com.br.

O que está esperando?

Copyright © 2005, Renato Fridschtein. Todos os direitos reservados.