Doze macacos

AddThis Social Bookmark Button
"Nem tudo que é questionado pode ser modificado.
Mas nada será modificado até que se questione"
-- James Baldwin

Há mais de 20 anos trabalhando com marketing e automação comercial, tem alguns filmes que sempre vejo. Dos mais comuns estão a postura que seu produto ou serviço é a ultima limonada gelada do deserto ou que o seu publico vai comprar qualquer coisa, só porque você oferece.

Se você pensa assim, é melhor pensar de novo.

É verdade que as pessoas adoram comprar e gastar dinheiro, mas também é verdade que detestam fazê-lo de forma banal, insegura ou desinformada: essa coisa de cliente bobo não existe.

Se você quer vender e estourar a boca do balão, deixe a preguiça mental de lado e se engaje no cerne de sua clientela.

Para te ajudar, a seguir apresento 12 questões que as pessoas fazem sempre que você apresenta sua oferta:

1. Porque eu deveria comprar de você? Que satisfação isso vai me trazer? Que problemas seus produtos resolvem? Que metas ele me ajuda a alcançar? Como ele vai melhorar minha vida, me deixar mais jovem, bonito ou, de outra maneira, me destacar?

2. Esta é a melhor solução para mim? Em que ela é diferente, ou melhor, que minhas outras opções?

3. O que vai acontecer se eu não comprar seu produto?

4. O que acontece se eu não comprar agora?

5. Esta aquisição satisfaz alguma necessidade pessoal que eu possa ter?

6. Esta oferta especifica ajuda a satisfazer outros problemas ou necessidades ou desejos, possivelmente sem relação, que eu também possa ter?

7. Porque eu deveria comprar de você em vez de outra pessoa?

8. Porque eu deveria sequer considerar pagar mais à você?

9. Você pode garantir minha satisfação? O que acontece se eu não ficar satisfeito ou se ocorrer algum problema? Quais são meus recursos neste caso?

10. Você pode facilitar minha aquisição? Eu tenho um monte de outras coisas a fazer...

11. Você pode ajudar me provendo com os meios de uma aprovação segura – para vender o produto (ou o peixe) a outras pessoas em minha empresa ou família?

12. Você pode me dar boas razões que justifiquem comprar este produto de você em vez de outra pessoa?

E no ambiente da internet a coisa é ainda mais embaixo, porque você não está lá para observar as reações do potencial cliente e nem responder suas dúvidas.

Sugiro que você reflita sobre estas questões e insira as respostas em seu anúncio.

Mas você deve fazer isso sempre de uma maneira interessante – o que você pode aprender a fazer lendo o ebook 'Redação Hipnótica' (http://www.redacaohipnotica.com )

Não adianta copiar estas perguntas e colocar as respostas de forma linear (perguntas e respostas, com se vê alguns sites fazendo). Não vai ficar natural. Em vez disso, imagine como o cliente gostaria de ler e ser informado destas questões (que estão em sua mente, mesmo que nem ele o saiba).

Conte uma história em que as perguntas acima são respondidas, e nem precisa apresentar as questões. Apresente depoimentos, artigos do tipo 'como fazer', trechos de artigos que saíram na mídia, não se esquecendo de citar as fontes, em especial, se for uma publicação reconhecida.

Pense bem, existe uma frase que ajuda o seu potencial cliente a decidir fazer a compra, mas pessoas diferentes serão influenciadas por afirmações distintas. E não dá pra saber qual será ela.

Então, quanto mais informações e respostas você oferecer, mais chances daquela frase estar presente no corpo do texto. Releia as perguntas e não deixe nenhuma de fora. Suas chances de sucesso aumentarão dramaticamente.

Copyright © 2006, Renato Fridschtein. Todos os direitos reservados.